Blog Pormade
Pesquisar
Close this search box.

Como criar um portfólio de arquitetura?

O portfólio é um dos documentos mais importantes para o arquiteto. Ter um bom portfólio é importante na arquitetura, especialmente para achar clientes ou oportunidades de mercado. É o documento que apresenta toda a sua trajetória profissional e o seu potencial.

É uma amostra para os potenciais contratantes e clientes verem com clareza o que essas pessoas realizaram ao longo da carreira.

Neste conteúdo, vamos conversar sobre algumas dicas de montar um portfólio interessante.

Vamos lá!

O que é um portfólio?

No dicionário, portfólio quer dizer: conjunto de trabalhos desenvolvidos por profissionais de diversas áreas (fotógrafos, cartunistas, jornalistas, designers), com o objetivo de conseguir novos trabalhos.

portifólio, exemplo de identidade visual

E é realmente isso: uma lista dos trabalhos mais bem-sucedidos de um profissional ou de uma empresa para atrair clientes, fechar contratos, se candidatar a vagas de emprego e outras finalidades acadêmicas.

Mas lembre-se: há uma diferença entre um portfólio e um currículo. Enquanto no currículo a pessoa descreve o que sabe fazer, no portfólio ela mostra o que já fez.

Quais são os tipos de portfólio?

Existem diversos tipos, mas hoje falaremos sobre dois:

Portfólio acadêmico

É considerada uma ferramenta pedagógica, que também lista os melhores trabalhos no contexto profissional, realizados por um estudante.

Além disso, pode ser utilizado como um acesso rápido ao histórico, ter conhecimento das habilidades, experiências e qualificações do estudante.

Portfólio para empresa

Esse modelo de portfólio é destinado às empresas, para mostrar o trabalho já desenvolvido a potenciais clientes. Por este motivo, esse documento precisa ser muito bem desenvolvido, pois uma má impressão não dará a oportunidade de fechar um possível negócio. 

E o Portfólio para Arquitetura?

Não existe um formato ideal, porém, o mais versátil e utilizado é o digital. Então, como em qualquer tarefa ou estratégia, o primeiro passo é:

Definir um objetivo: qual é a finalidade da construção de um portfólio? Se for para se candidatar para alguma vaga de emprego ou atrair mais clientes, o ideal seria um formato digital. O digital proporciona um alcance maior de pessoas e possibilita que o seu objetivo seja alcançado.

Além disso, é importante encontrar os trabalhos que você mais se identifica e qual imagem, sensação e interesses você gostaria de passar. É um dos passos mais importantes, por isso, atente-se a ele!

Identidade visual: essa parte irá expressar um pouco da forma que você se comunica com o mundo. Lembrando que é interessante adicionar aspectos pessoais, mas não desvincule do profissional. É nesse passo que o seu possível cliente irá te conhecer!

identidade visual para portfólio

Disponibilize os seus melhores trabalhos: aqueles que você mais se identifica também são importantes, mas, tome cuidado, não precisa adicionar todos. Aqueles projetos do início da sua carreira, na sua transformação profissional, talvez não sejam tão interessantes nesse momento.

Apresente o seu portfólio: isso mesmo! Um dos erros mais recorrentes é não apresentar o trabalho disponível para clientes e empresas. Mostre o seu trabalho, deixe que as pessoas conheçam você, pois, além disso, poderá aperfeiçoar o seu portfólio com os feedbacks que irão chegar.

E agora? Publique!

Por muito tempo os portfólios foram impressos, mas por não permitir ajustes e possuir um valor elevado, gradualmente, eles foram sendo substituídos pelas versões digitais.

Além das dicas que darei a seguir, você pode disponibilizar um portfólio em PDF. Depois, escolha uma plataforma com a maior quantidade de recursos que possuam vantagens que aproximam você da comunidade, de clientes, empresas, colegas e oportunidades na área da Arquitetura. Seria interessante, né?

Então, vamos conhecer algumas plataformas:

Behance: é uma rede de sites e serviços especializada na autopromoção, incluindo consultoria e sites de portfólio online. É de propriedade da Adobe.

Issuu: é uma ferramenta digital que transforma publicações impressas em digitais. A partir de um arquivo em PDF, é possível promover o acesso a conteúdos de jornais, revistas, estudos e outros em materiais acessíveis por meio de tablets, computadores e smartphones. Lembra do PDF?

Pinterest: é uma rede social de compartilhamento de fotos. Assemelha-se a um quadro de inspirações, onde os usuários podem compartilhar e gerenciar imagens temáticas, como de estilos de decoração, projetos, ideias e inspirações.

pinterest como dica de portfólio

WordPress: esta é a plataforma mais conhecida para desenvolvimento de sites, pois permite que você venda e crie um portfólio conforme o seu estilo e necessidade.

O que achou das dicas?

Apesar de ser trabalhoso, um portfólio é a ferramenta perfeita para gerar novos negócios. Mas não só isso. Também é uma excelente ferramenta para mostrar ao mundo o seu trabalho.

Além disso, a primeira experiência do seu futuro cliente com você pode ser através do portfólio.

A primeira impressão é a que fica!

Possui dúvidas sobre o assunto? Clique aqui.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!